PES 2019

GAME FEATURE

MOMENTOS MÁGICOS

O drama do desporto-rei, mais visível e melhor retratado através de diversos estilos de jogo distintos.

Introdução de 11 novas habilidades que irão ajudar a melhorar a singularidade de cada jogador, incluindo rodar com a bola, o passe sem olhar, o controlo, o remate na passada e o remate em ascensão. Estas novas habilidades aumentam para 39 o total no jogo.

A individualidade de cada jogador também subiu de patamar, com as habilidades e os pontos fortes a terem um maior impacto durante o jogo.

11 novas habilidades

  • Cruzamento à meia-volta
  • Toque Duplo
  • Controlo da Técnica de Pisar
  • Passe sem olhar
  • Recuperação
  • Perito em Penáltis
  • GR Defensor de Penáltis
  • Pontapé Alto GR
  • Remates que Sobem
  • Controlo de chapéu
  • Remates que Descem

A fluidez e animação dos dribles baseia-se agora numa série de fatores, como o posicionamento do jogador e da bola na linha defensiva, movimentos de finta precisos para contornar pela lateral e perceção da proximidade dos adversários ao virar.

Foi introduzida uma nova mecânica de remate com animações únicas variadas, incluindo o movimento da bola a passar pelas mãos esticadas do guarda-redes, reações do avançado que acabou de falhar por pouco e reações mais intensas/alegres na zona da baliza.

Uma novidade significativa é a Fadiga Visível, que é um sistema de resistência remodelado e reequilibrado. Os jogadores darão indicações visuais claras quando estiverem cansados, com o nível de resistência a ter impacto no modo como jogam. A forma como geres os jogadores durante um jogo e o momento das substituições pode fazer diferença no resultado.

As substituições rápidas estarão disponíveis quando a bola não estiver em jogo. Com um simples premir de botão receberás sugestões de alterações baseadas na resistência e na posição. Não precisas de interromper o jogo durante uma partida tensa!

Foram efetuadas melhorias para tornar o movimento da bola mais natural e variado. A trajetória da bola baseia-se agora na postura e no modo como foi pontapeada. Além disso, situações como as bolas que batem no corpo do guarda-redes ou atingem um defesa numa barreira têm resultados mais realistas.

O toque de corpo total introduzido no ano passado foi melhorado. O modo como a bola é controlada depende mais do meio envolvente, o que permite uma receção mais suave e contextualizada da bola.